"Um país para se orgulhar"

Belo Horizonte | Segunda-feira, 19 de setembro de 2016 - 7h 57

Nas últimas semanas o Brasil escreveu novos capítulos em sua história. A cassação do mandato presidencial de Dilma Rousseff foi tema estampado em todos os jornais do mundo. Depois do turbilhão pelo qual passou o cenário político brasileiro, inúmeras dúvidas pairam sobre as cabeças de milhões de brasileiros. E agora? O desemprego vai diminuir? O dólar e a inflação vão se estabilizar? É difícil fazer qualquer previsão porque os problemas do país são estruturais e não vão desaparecer de uma hora para a outra por causa de uma mudança de governo. A gravidade do quadro econômico herdado do governo passado é tamanha que nós, brasileiros, devemos apenas torcer para o sucesso dos atuais governantes. A saída da crise exige unidade e sintonia de todos para que as forças se recomponham que possamos, juntos, retomar o crescimento.

 

Esperança e força de vontade não nos faltam, disso sabemos bem. As coisas estão mudando e aquele cheirinho de coisa boa já circula por aí e o mundo todo já respira desse mesmo ar. Na abertura dos Jogos Olímpicos, por exemplo, o Brasil mostrou seu lado mais bonito e a sua bela história para bilhões de pessoas. E na Paralimpíada, ainda em curso, temos exemplos do que um brasileiro é capaz, mesmo com todas as dificuldades e obstáculos enfrentados – há cerca de quatro dias do fim dos jogos, o Brasil ocupava o 5º lugar no ranking das medalhas com 44 medalhas – 10 de ouro, 21 de prata e 13 de bronze. Durante os jogos, com a atuação histórica da delegação brasileira, o tal espírito olímpico realmente inundou nossos corações com emoção, euforia e esperança – sempre esperança. Se uma Olimpíada repercute externamente, fazendo com que o país sede adquira grande prestígio internacional, internamente eu acredito que ela seja capaz de fazer florescer o melhor do torcedor que existe em nós. Torcemos pelos atletas, para que a logística funcione, para que os turistas se encantem com aquilo que é motivo de orgulho para nós e torcemos muito para que essa empolgação seja realmente um divisor de águas.

 

Uma vez li em algum lugar que “o Brasil é o túmulo dos pessimistas” e, felizmente, devo concordar. Entre todas as dúvidas levantadas por aí – “será que vai ficar pronto a tempo?”, “será que não vai ser um fracasso?” – fica uma certeza: as pessoas ainda têm muito o que aprender com o Brasil e principalmente com o brasileiro. A nossa força é impressionante e, se a gente acreditar, inclusive em Deus, a gente pode chegar aonde quiser.

 

Um abraço,
Frank Sinatra
Presidente da FCDL-MG

Galeria de Fotos

AGO - Eleição 2017

AGO - Eleição 2017

Revista Movimenta

 

 

 

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais

Av. Silviano Brandão, 25 – Sagrada Família – Belo Horizonte/MG

CEP: 31030-525 – Telefone: (31) 2532-3300