Folia sem sufoco: dicas para curtir com segurança

Belo Horizonte | Quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018 - 15h 12 - Atualizado às 15h 39

Falta pouco! O Carnaval já está batendo na porta e a maior festa do Brasil promete arrastar milhões de pessoas pelas ruas do país. Mas, com tanta gente assim, é preciso tomar alguns cuidados para aproveitar sem estresse. Segundo pesquisa do SPC Brasil e da CNDL, no ano passado, 30% dos foliões disseram ter passado por transtornos. Você não quer fazer parte dessa estatística, certo? Então vem com a gente e siga as nossas dicas para curtir o Carnaval com segurança!

 

 

1) Diga não à ostentação


Carnaval é para ser simples mesmo! Evite usar joias, relógios e outros objetos que possam chamar a atenção.

 


2) Prefira o cartão


Hoje em dia até os vendedores ambulantes aceitam cartão de crédito e débito. Não saia com grandes quantias de dinheiro se não houver necessidade e, se precisar carregar muita grana com você – como em praias muito distantes – divida a quantia em vários bolsos para não precisar deixar muito dinheiro à mostra na hora de pagar.

 


3) Evite levar bolsas


Essa dica serve mais para as mulheres. Aposte nas doleiras, que ficam escondidas sob a roupa, ou invista em uma pochete da moda! Além de melhorar a segurança, ainda dá um up no visual!

 


4) Carteira no bolso de trás? NÃO!


Agora uma para os homens: no meio da multidão, uma carteira no bolso de trás pode ser facilmente furtada sem que o dono nem perceba. Mais uma vez a doleira é a melhor opção e não há nada que te impeça de também usar pochete, ok?

 


5) Hora certa para usar o celular


A gente sabe que hoje em dia dá aquela vontade de sair postando e compartilhando tudo nas redes sociais, mas evite sacar o celular e usá-lo no meio da multidão. Procure um lugar com menor aglomeração de pessoas para fazer a sua selfie e seja rápido!

 


6) Defina um ponto de encontro


Combine com os seus amigos com antecedência sobre um lugar de segurança onde vocês podem se encontrar caso alguém se perca. Caso aconteça algum incidente e alguém fique sem celular, por exemplo, é importante saber para onde ir.

 

 

 

“Tomei todos os cuidados mas ainda assim não tive sorte e fui roubado, o que eu faço agora?”

 

Poxa, que chato! Infelizmente essas coisas acontecem por mais que a gente tente evitar. O primeiro passo é reportar o roubo ou furto à Polícia e registrar um boletim de ocorrência e bloquear os seus cartões, caso eles também tenham sido extraviados. Para ajudar os consumidores a evitarem fraudes, o SPC Brasil oferece um serviço que dá ao consumidor a oportunidade de registrar em sistema a perda, furto ou roubo de algum documento, o “SPC Alerta de Documentos”. Quando o lojista for consultar aquele nome para vendas a prazo, verá que os documentos foram furtados. Dessa forma, é possível detectar caso alguém esteja querendo se passar pela pessoa, evitando fraudes.

 

 

Em caso de perda, roubo, furto ou extravio de documentos pessoais, como CPF, o consumidor deve comparecer pessoalmente até um balcão de atendimento de uma CDL com o boletim de ocorrência em mãos e registrar a perda no banco de dados.

 

 

No mais, o importante é se cuidar e não deixar que um incidente atrapalhe toda a sua folia, tá bem? Bom Carnaval pra você!

Galeria de Fotos

Seminário Regional Zona da Mata

Seminário Regional Zona da Mata

Revista Movimenta

 

 

 

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais

Av. Silviano Brandão, 25 – Sagrada Família – Belo Horizonte/MG

CEP: 31030-525 – Telefone: (31) 2532-3300