Experiência no ponto de venda: conquiste e fidelize mais clientes!

Belo Horizonte | Quinta-feira, 9 de agosto de 2018 - 15h 51

Conquistar e fidelizar clientes é o grande objetivo de qualquer negócio. Para isso, várias estratégias são desenvolvidas. Criar ações nos pontos de venda pode ser o que falta para engrenar de vez seu negócio.

 

Afinal, cerca de 85% dos consumidores toma a decisão de compra no ponto de venda, de acordo com Regina Blessa, especialista em merchandising e o Instituto de Pesquisas em Marketing Popai.

 

Confira como criar uma estratégia com o propósito de atrair, seduzir, convencer e envolver os clientes no ponto de venda!

 

Experiência no ponto de venda

 

Você está preparado para receber o consumidor? Ao criar uma ambientação para tal, o você o acolhe, mostra que sua empresa entende seus desejos e necessidades e facilita a compra, de forma prática, porém, sedutora. O resultado é a efetivação da compra!

 

Mas para criar este tipo de experiência é preciso muito mais que só organizar bem uma prateleira. É necessário transformar a loja em uma mídia, ou seja, torna-la capaz de se comunicar com o consumidor no momento da tomada de decisão de compra.

 

Como criar uma experiência no ponto de venda

 

O ponto de venda compreende todo o espaço físico, além, claro da equipe. Confira algumas dicas para criar uma estratégia e experiência excepcional:

 

Fachada

 

Seja atrativo, mas sem exageros. A logomarca da sua empresa no letreiro deve ser simples, de fácil memorização e passar o conceito da loja e sua atividade. Além disso, mantenha a fachada sempre limpa e em boa manutenção.

 

Vitrine

 

Primeira visão da sua loja, as vitrines devem refletir o mix de produtos comercializados na loja, disponíveis em estoque. Ao compô-las, escolha no máximo três ou quatro cores para não causar poluição visual. É também importante mantê-las sempre atualizadas.

 

Iluminação

 

Escolha a iluminação conforme seu objetivo. A fria (branca) deixa o ambiente mais claro, aumentando a visibilidade dos produtos. Já a quente (amarelada) revela detalhes, cores e texturas e é mais indicada para destacar um produto. Ela é ideal para provadores pois evita distorções nas cores dos produtos.

 

Mobiliário

 

Parte fundamental do layout da loja, os móveis devem ocupar menos da metade do espaço disponível para facilitar a visualização de produtos e a circulação de clientes, com altura máxima de 2m e altura mínima de 50 cm acima do chão. Abaixo disso, utilize apenas para base de exposição. Os provadores devem ser sinalizados, seguros e fáceis de achar. Ele deve contar com um espaço acessível, iluminação adequada, espelho, ganchos suficientes, banqueta, tapete e uma boa ventilação.

 

Circulação

 

É fundamental que os consumidores tenham facilidade de acesso e circulação na loja. A porta de entrada da loja deve ter no mínimo 80cm de largura e, se possível, rampa para facilitar o acesso de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Exponha produtos em destaque próximo às áreas de circulação de clientes. Defina ainda um percurso de compra na loja para delimitar o espaço de circulação e direcionar o olhar do cliente para mais produtos. Coloque atrativos no fundo da loja, como produtos em promoção, para garantir a circulação por todo o espaço.

 

Exposição de Produtos

 

Procure sempre organizar os produtos por categoria, cores, estilos, etc, para facilitar a busca do cliente. Para destacar um produto, coloque-o cerca de 1,50m da entrada da loja e do lado direito. Esta zona é considerada quente por proporcionar maior atração visual. Pequenos produtos, novidades e promoções são comprados por impulso, por isso coloque-os em pontos estratégicos e próximos aos caixas.

 

Climatização

 

A temperatura no salão de vendas pode contribuir para a permanência do cliente dentro da loja. Temperaturas muito baixas ou calor excessivo podem incomodar os clientes.

 

Comunicação Visual

 

As cores da marca devem ser as mesmas desde a fachada até os uniformes.

 

Cartazes, banners, faixas, placas, móbiles, etc., devem ser de fácil leitura. Evite o excesso de informação e imagens e escrita e posicione as peças em pontos estratégicos, na altura dos olhos e sem interferir na circulação da loja.

 

A sinalização da loja deve ser clara e visível para orientar os clientes a encontrar os produtos e departamentos da loja (caixa, banheiros, etc.)

 

Agora mãos à obra! Prepare seu ponto de venda para oferecer aos seus clientes uma boa experiência de compra e aumentar a lucratividade de seu negócio.

 

Fonte: Sebrae

Galeria de Fotos

Reunião da Diretoria Dez/2018

Reunião da Diretoria Dez/2018

Revista Movimenta

 

 

 

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais

Av. Silviano Brandão, 25 – Sagrada Família – Belo Horizonte/MG

CEP: 31030-525 – Telefone: (31) 2532-3300